Blog

como-proteger-dados-de-clientes-e-ter-as-melhores-ferramentas-de-seguranca-em-2022-20220117085852000
14 /01/2022

Como proteger dados de clientes e ter as melhores ferramentas de segurança em 2022?

Podemos dizer que entramos em uma nova era de ameaças cibernéticas, na qual os ataques estão se intensificando a cada dia. Nos últimos anos, as empresas sofreram um grande impacto com o crescimento de tentativas de invasão e vazamento de dados. Hoje, se o cibercrime fosse medido como um país, seria a terceira maior economia do mundo, depois dos EUA e da China, segundo o Harvard Business Review. O aumento do trabalho remoto, da conectividade e interatividade on-line, fez com que os criminosos focassem esforços em ataques corporativos, com o intuito de paralisarem as operações das empresas para ganharem dinheiro.

Em 2021, houve um aumento de 62% nos ataques cibernéticos semanais no Brasil, em comparação com 2020, de acordo com a Check Point. Grandes empresas como Atento, Lojas Renner, JBS e CVC sofreram ataques de ransomware e foram significativamente afetadas pelos ciberataques que derrubaram servidores, sites e prejudicaram as vendas dessas corporações. O facebook também registrou um grande vazamento de dados em 2021, informações de mais de 1,5 milhões de usuários foram colocadas à venda em um fórum hacker. Até mesmo o setor público foi atacado por um grupo de cibercriminosos, que tiraram o aplicativo ConecteSUS do ar, copiaram e excluíram 50 TB de dados internos. 

Realmente, o último ano foi vulnerável e colocou empresas de todos os tamanhos, inclusive PMEs, na mira dos cibercriminosos. Ainda que os pequenos e médios negócios não apareçam com frequência na mídia, eles são vistos como alvos fáceis de ataques. Cerca de 60% das PMEs sofrem algum tipo de ataque ou vazamento de dados todos os anos, de acordo com o MIT Technology Review. Fato é que independente do segmento, quantidade de funcionários e recursos, todas as empresas estão sujeitas a sofrerem com ameaças cibernéticas.

É importante entender que os ataques acontecem quando você menos espera, de forma rápida e trazem consequências que podem prejudicar as operações e produtividade do negócio. Além disso, podem alterar de forma negativa a percepção dos clientes que acabam perdendo a confiança e, consequentemente, consumindo menos produtos da empresa. 

Em 2022, o cenário exigirá ainda mais reforço na estratégia de defesa e segurança de dados, pesquisas preveem que o ano será de grandes desafios e que os ataques por ransomware devem aumentar 8% comparado com 2021. Os cibercriminosos irão continuar sofisticando os ataques e não vão medir esforços para invadir e prejudicar as operações das empresas. Com a evolução da tecnologia, a chegada de inovações - como o 5G e metaverso - e até mesmo o período de eleições, os grupos de cibercriminosos aproveitarão cada brecha para intensificarem os ataques e lucrarem com eles. Por isso, na visão de especialistas de Segurança da Informação, as empresas irão precisar ter agilidade nas respostas a incidentes, visibilidade dos ambientes, mecanismos de proteção preventiva e estratégias robustas de segurança.

Seu negócio precisa estar preparado para proteger os dados dos clientes externos e internos, mais do que nunca. E para isso, ter uma velocidade de resposta ágil para conter os ataques e invasões é fundamental. Com o intuito de ajudar sua empresa a melhorar a estratégia e ferramentas de segurança para começar o ano de 2022 com máxima proteção, listamos algumas boas práticas que podem ser aplicadas ao seu negócio:

1. Monitore

Muitas coisas acontecem em um dia de trabalho dentro de uma empresa: envio de e-mails, acesso a sites, sistemas internos ou aplicativos. E para ter maior controle sobre a segurança dessas atividades é necessário coletar e analisar indicadores de possíveis ameaças e realizar uma triagem através de ferramentas de monitoramento. Essa solução realiza a detecção de comportamentos, definindo alertas para atividades suspeitas e não autorizadas. Além disso, caso um invasor consiga acessar a rede em algum nível, a equipe de segurança consegue realizar o monitoramento do comportamento e detectar o próximo passo, podendo decidir através de dados qual é a melhor ação a ser tomada para proteger e controlar o ataque.

2. Esteja sempre preparado.

É muito mais complicado enfrentar um problema quando não está preparado, não é mesmo? Quando se trata de segurança de dados, sua empresa precisa ter um plano de ação para possíveis ataques. Teste os sistemas e ferramentas de segurança de tempos em tempos para verificar se são capazes de manter as ameaças afastadas e reagir de forma adequada quando uma invasão acontecer. Com que antecedência a equipe de segurança é alertada no ataque? As defesas retardam o atacante e evitam maiores invasões? Seu time consegue agir de maneira eficiente para a proteção dos dados? É importante ter essas respostas para criar agilidade na contenção de ataques. Esteja sempre em alerta.

3. Tenha uma cultura de segurança

Para uma maior efetividade na proteção do negócio, todos os funcionários e equipes devem saber sobre a importância da segurança cibernética, não apenas a equipe de TI. A organização como um todo deve ser informada regularmente sobre as regras de proteção de dados, política de segurança da informação e boas práticas que devem ser seguidas. Além disso, os colaboradores também precisam ter um canal de comunicação aberta com a equipe de segurança e saber quais ações devem ser tomadas ao identificarem uma possível ameaça.

4. Tenha ferramentas atualizadas

Conte com ferramentas de segurança atualizadas e integradas para proporcionar maior segurança para o seu negócio. Backups, monitoramento, antivírus, firewalls, sistemas de prevenção e gerenciamento são essenciais para que os dispositivos, dados da empresa e rede tenham uma proteção completa. Assim como os cibercriminosos utilizam de softwares modernos para invadir uma empresa, os negócios também precisam manter suas ferramentas de segurança sempre atualizadas, seguindo recomendações de seus fabricantes.

5. Conte com fornecedores confiáveis

Você sabia que uma prática entre os cibercriminosos é analisar, além da sua capacidade de proteção, quais são os seus fornecedores de ferramentas de segurança? Por isso, antes de fechar com fornecedores entenda se este possui segurança em sua própria empresa, qual a procedência das soluções oferecidas e se possui certificações que comprovem a seriedade com seus serviços e clientes.

Nós, da Verhaw IT, temos soluções completas e integradas para proteger sua empresa. Sabemos que os dados são uma das coisas mais importantes para os negócios, por isso prezamos pela confiabilidade e contamos com parceiros reconhecidos no mercado – como Sophos, Fortinet, Acronis, Arcserve e Kaspershy. Com a tecnologia certa, os ataques cibernéticos devem ser detectados muitas vezes antes de causarem qualquer prejuízo. Fale conosco e tenha a proteção que o seu negócio precisa. 

blog

Veja também

Guia prático: Saiba como otimizar o seu orçamento de TI em 2022

Guia prático: Saiba como otimizar o seu orçamento de TI em 2022