Saiba tudo sobre locação X compra de equipamentos de TI

Ter bons equipamentos de TI é essencial para o bom funcionamento de qualquer negócio. Os computadores, notebooks, impressoras e outros dispositivos eletrônicos afetam diretamente o desempenho das tarefas dentro das empresas. Por isso, é importante investir em uma infraestrutura de qualidade e moderna.

Geralmente, os equipamentos tecnológicos tendem a ter uma vida útil de 2 a 3 anos, depois desse tempo começam a apresentar bugs, travamentos, bloqueios e até mesmo panes, demandando muitas manutenções. Quando isso acontece, já é hora de trocá-los. E é nesse momento que os gestores de TI enfrentam um dilema: é mais vantajoso comprar ou alugar equipamentos de TI? Antes de tomar essa decisão leia esse artigo e veja as vantagens e desvantagens de cada uma dessas modalidades.

Investimento inicial

Quando se fala em compra de equipamentos modernos de TI, o custo pode ser alto. Muitos fornecedores não conseguem oferecer um método de pagamento que não exija um investimento inicial. Por isso, a locação acaba sendo mais vantajosa, já que o valor é cobrado mensalmente por cada máquina utilizada e o custo é fixo, sem surpresas no fim do mês.

Custos com suporte técnico e manutenções

Na maioria das vezes, a locação vem acompanhada de serviços e suporte técnico. Sua equipe interna não precisa perder tempo resolvendo os incidentes do dia a dia, o que aconteceria caso os computadores e notebooks internos fossem comprados. Além disso, as atualizações e gerenciamento preventivo dos equipamentos ficam por conta da empresa contratada.

Recuperação do investimento

Caso gaste X reais para comprar equipamentos de TI, qual retorno você terá? Antes de adquirir qualquer bem para sua empresa, é preciso analisar o ROI, retorno por investimento, na compra de ativos não é diferente. Com esse indicador, você vai perceber que com a compra de infraestrutura sua empresa terá um capital desvalorizado e com o passar do tempo aparelhos ultrapassados. O investimento pode até exceder o estimado, já que existem problemas inesperados, como a troca de peças e upgrades. De acordo com a Receita Federal, a taxa de depreciação de computadores é de 20% por ano, ou seja, você perde 20% do investimento a cada ano. No modelo locação, sua empresa elimina todos esses problemas e garante um valor fixo mensal. Além disso, não precisa se preocupar com a desvalorização e nem descarte dos equipamentos quando não estiverem mais em uso.

O equipamento é da sua empresa

Muitas pessoas acham que “ter algo” vale todo o dinheiro, porém adquirir equipamentos de TI simplesmente para chamar de “seu” não é um bom negócio. É preciso pensar na depreciação, já que as tecnologias estão em constante mudanças e possuem uma vida útil determina. Especialistas recomendam que a troca do parque tecnológico seja feita a cada 2 anos para garantir um bom desempenho dos hardwares e softwares. A locação ganha mais um ponto positivo nessa questão, porque existem termos em contratos que determinam o tempo de uso e a troca dos equipamentos.

Parceiros tecnológicos confiáveis

Porém, para que a locação funcione e traga maior benefício do que a compra de equipamentos, é preciso contar com parceiros tecnológicos que realmente entendam da área e sejam confiáveis. Pesquise muito sobre o histórico do seu fornecedor, veja quem são os clientes que atende e se o serviço prestado realmente encaixa nas suas expectativas.

Então o veredito é….

Em aspectos gerais, a locação garante o melhor custo-benefício para a sua empresa. Tanto na área financeira, gerencial e na qualidade dos equipamentos. Você vai ter mais dinheiro em caixa, não perde investimento e diminui os impostos sobre os ativos. E o mais interessante é que, se contar com uma boa empresa de tecnologia como parceira, terá os melhores serviço de suporte e manutenção.

O Daas é uma solução completa de locação de equipamentos que entrega toda infraestrutura de TI que sua empresa precisa, além de uma camada de serviços com alta qualidade. Conte com a Verhaw, empresa que possui mais de 10 anos de experiência no setor, como sua parceira tecnológica e tenha todas essas vantagens!

Quer saber mais sobre DaaS Verhaw?

7 dicas para reduzir custos com infraestrutura de TI

Cortar gastos sem diminuir a qualidade do trabalho é um desafio para muitas empresas e setores. Dentro do departamento de tecnologia reduzir custos é ainda mais desafiador, já que é uma área essencial para o funcionamento do negócio e impacta direta ou indiretamente a produtividade de todos dentro da empresa.

Por isso, os gestores de TI devem encontrar um equilíbrio para diminuir despesas sem afetar a eficiência da equipe. Mesmo parecendo pouco provável, é possível melhorar a sua infraestrutura e otimizar o orçamento seguindo alguns passos estratégicos.

1. Crie um planejamento de gastos

Planejar com antecedência é fundamental! Sua equipe, juntamente com a contabilidade e o setor jurídico, deve analisar cada aspecto dentro do departamento e assim definir possíveis cortes. Além disso, é nessa fase que deve ser definido o valor total do investimento em novos projetos e tecnologias estratégicas.

2. Automatize processos operacionais

Busque por sistemas e softwares que automatizem as tarefas do dia a dia, isso vai melhorar a entrega de demandas e ainda otimizar o tempo. Dessa forma, a produtividade vai aumentar e a equipe se concentrar em outras atividades mais importantes, que precisam de capacidade técnica.

3. Tenha uma equipe de TI motivada

Sim, ter uma equipe empenhada e motivada pode diminuir os custos, isso porque os problemas são identificados e resolvidos de forma mais eficiente, resultando em entrega de soluções mais rápidas, sem desperdício de recursos. Se você tiver profissionais qualificados e que se sentem valorizados, o ambiente de trabalho fica mais agradável e propício a inovação através de novas ideias. Além disso, a equipe se empenha em cumprir metas e buscar melhores resultados.

4. Tenha dados na nuvem

Ter dados, sistemas e softwares na nuvem também é uma forma de economizar com infraestrutura de TI. Além de reduzir custos com servidores, os dados da nuvem facilitam o trabalho remoto, porque podem ser acessados de qualquer lugar. Com a nuvem, todas as informações ficam centralizadas, proporcionando mais segurança e otimização de recursos.

5. Mapeie os softwares utilizadas

Será que existem softwares que não estão sendo usados dentro da sua empresa e só geram gastos? Para ter essa informação é importante criar um inventário para mapear todos os programas existentes, datas de pagamento e expiração. Você pode descobrir que algumas licenças não são necessárias para a operação ou que nem estão em uso. Com esse controle, você vai saber se o investimento naquele software está valendo a pena, caso contrário, não hesite em contar custos.

6. Adote uma cultura preventiva

Problemas e falhas na operação fazem com que o custo aumente expressivamente. E não estamos falando somente de perca de dinheiro, mas de tempo e produtividade também. Corrigir complicações é bem mais caro do que manter as manutenções em dia. Por isso, faça sempre um monitoramento da sua infraestrutura e fique atento as atualizações necessárias. Se colocar os danos que poderiam ter sido evitados na ponta do lápis, no final, investir em prevenção acaba sendo mais econômico e vantajoso.

7. Tenha bons equipamentos

Ter um parque tecnológico sempre atualizado pode custar caro. Porém, é importante manter a infraestrutura sempre em bom estado, principalmente porque pode afetar o rendimento do trabalho. Para isso, faça sempre manutenções e troque os equipamentos no máximo a cada 3 anos, que é a estimativa de vida de aparelhos eletrônicos. Se passar desse período, os hardwares podem causar muitos problemas e custar bem mais caro que um novo.

Uma dica importante que pode te ajudar na redução de custos é: conte com parceiros tecnológicos. Muitas empresas fazem terceirização de serviços e locação de equipamentos, isso traz muitos benefícios como suporte especializado, mais produtividade da equipe interna e claro, redução de custos. Inclusive, durante a pandemia o aluguel de equipamentos de TI aumentou cerca de 30%, já que elimina os gastos e preocupações com manutenção.

O DaaS é uma dessas soluções que chegou no mercado para entregar mais valor e economia para as empresas. Com esse serviço de locação você garante o melhor custo-benefício e a infraestrutura sempre atualizada.

Quer saber mais sobre DaaS?